Publicidade

Residentes de diversos bairros da cidade já estão recebendo a visita de agentes do grupo Cadmap/Engemap, empresas contratadas pela prefeitura para efetuar o recadastramento imobiliário. Eles estão identificados com uniforme e crachá para fazer a medição de propriedades e residências e ap0licar um breve questionário aos proprietários ou moradores.

É importante que os moradores recebam os agentes e permitam que eles façam o serviço. Para que o trabalho tenha maior precisão, é necessário que os agentes entrem nas propriedades, façam as medições e apliquem o questionário. Caso os agentes não sejam recebidos, os dados cadastrais serão atualizados com base no que for possível observar e será registrada a impossibilidade de entrevista com o proprietário ou morador do imóvel.

O trabalho é realizado durante a semana em horário comercial. Caso os agentes não encontrem os moradores, poderão retomar as visitas aos sábados.

Por questões de segurança, os agentes estão uniformizados e portando um crachá com o logo do Grupo Cadmap e Engemap, identificado com o nome, RG e CPF,  e telefones de contato em caso de dúvida.

O objetivo da ação é complementar o levantamento já efetuado e realizar o recadastramento imobiliário no município, atualizando o banco de dados do município com informações sobre as medidas das propriedades, os materiais utilizados na construção, as reformas e ampliações realizadas. Com o levantamento, a Secretaria de Planejamento da Prefeitura de Farroupilha busca a correção de possíveis irregularidades e distorções cadastrais, e com isso a promoção de uma maior justiça tributária.

Ao todo, até o mês de dezembro deverão ser vistoriados 15 mil imóveis. O número se somará aos outros 1,3 mil imóveis já visitados e recadastrados em 2017. Posteriormente, as informações serão cruzadas com os levantamentos geográficos e fotográficos já realizados por terra e ar, formando uma base de dados sólida para planejamento, manutenção e controle do desenvolvimento da cidade. Uma nova etapa poderá ser realizada em 2020.

A ação faz parte do Programa de Modernização Programa de Modernização da Administração Tributária (PMAT). Financiado pelo BNDES, o programa é destinado a apoiar projetos de investimentos voltados à melhoria da eficiência, qualidade e transparência da gestão pública, visando a modernização da administração tributária e qualificação do gasto público nos municípios.

Foto: Claudia Chiele | Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha

Publicidade